Ao manter o foco dos EUA no Estado islâmico, Trump arrisca uma guerra mais ampla da Síria

Por Phil Stewart e Jonathan Landay WASHINGTON

WASHINGTON O presidente Donald Trump ordenou operações militares intensificadas contra islâmicos Estado e delegou mais mando a seus generais, mas sem uma estratégia aberto da Síria, sua tratamento arrisca-se a enfrentar já mais a Síria, o Irã e já a Rússia, de acerto com funcionários e analistas dos EUA.

Fonte