Com casa cheia, Flu vence, mas não ‘mata’ LDU e definirá vaga na altitude – Futebol

A torcida fez grande festa e compareceu em massa no Maracanã. Em campo, o Fluminense correspondeu e conseguiu a vitória diante da LDU-EQU por 1 a 0. O resultado, assaz verdade, foi pouco pela expectativa criada em cima do jogo, já que se tratava do inimigo que tirou a oportunidade do Tricolor soltar grito de campeão nas finais da Libertadores, em 2008, e Sul-Americana, em 2009.

lá disso, o Fluminense levará uma vantagem pequena em direção a o jogo da volta contra a LDU, em Quito. O duelo será na próxima quarta-feira a quase 3 mil metros do nível do mar e promete fortes emoções. O Tricolor queria ‘matar’ o duelo no Rio de Janeiro,as a decisão da vaga nas quartas de final será definida na altitude.

Capitão, Scarpa abre placar com cobrança impecável

Gustavo Scarpa assimilou assaz a responsabilidade de usar a faixa de capitão. A liderança técnica ficou explicita logo aos 6min, quando o camisa 10 cobrou falta com perfeição. A globo fez uma curva na argileira e entrou com tranquilidade no canto do goleiro Nazareno.

Dourado recebe 3º descorado e desfalca Flu na volta

Henrique Dourado não poderá enfrentar a LDU no jogo de volta, no Equador, na próxima quinta-feira. O assaltante recebeu o terceiro cartão descorado e cumprirá suspensão automática. Ele era o único pendurado e, portanto, único desfalque. O Tricolor poderá contar com o retorno de importantes reforços, como Renato Chaves e Henrique.

Flu domina, mas não mata jogo

O Fluminense tinha como objetivo estabelecer um placar elástico em direção a evitar maiores transtornos no jogo da volta, em Quito. Isso porque o campo do inimigo fica na altitude (são 2.850 metros do nível do mar) e tem grande interferência na forma de jogar. A diferença técnica ficou visível, mas o Tricolor pouco fez na etapa inicial, apesar do domínio.

Flu tem grande assistência, mas não quebra recorde

A grande mobilização representou uma grande festa no Maracanã. Apesar disso, não foi suficiente em direção a quebrar recorde do Tricolor no novo Maracanã. Em 2014, 44.975 torcedores pagaram ingressos em direção a adjutorar a derrota do Fluminense em direção a o Vitória, pelo brasileiro. Diante da LDU, nesta quinta, foram 42.970 pagantes no estádio. 

FLUMINENSE 1 X 0 LDU-EQU

Data e hora: 14/09/2017, às 19h15 (horário de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
álvidro: Julio Quitanda (PAR)
Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Roberto Cañete (PAR)
Cartões descorado: Chalá, Salaberry, Bettancourt e González (LDU) Henrique Dourado, Frazan e Wendel (FLU)
Gols: Gustavo Scarpa, aos 6min do primeiro tempo

Fluminense
Júlio César; Lucas, Frazan (Marlon Freitas), Nogueira e Marlon; Orejuela (Sornoza), Douglas, Wendel e Scarpa; Wellington Silva (Robinho) e Henrique Dourado
Técnico: Abel tranqueira

LDU-QUE
Nazareno; Narváez, Tagliapietra, Salaberry e Chalá; Intriago (Hidalgo), Bolaños, Vega e Anderson Julio; González (Betancourt) e Barcos (Anangonó)
Técnico: Pablo Repetto

Com casa cheia, Flu vence, mas não ‘mata’ LDU e definirá vaga na altitude – Futebol

Fonte: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/copa-sul-americana/ultimas-noticias/2017/09/14/fluminense-x-ldu.htm