Corte de Itália suspende a decisão de que os diretores dos museus derrubados

ROMA O principal tribunal administrativo da Itália suspendeu nesta quinta-feira uma decisão que expulsou cinco diretores de museus que haviam sido Contratados como parte de uma tentativa de modernizar e impulsionar a receita dos tesouros artísticos e arqueológicos do país.

A decisão re-instaurará os gerentes, que foram contratados com grande fanfarra em 2015 como parte de uma reforma extenso, mas retirada no mês passado por um tribunal inferior que confirmou queixas de candidatos mal sucedidos pelos empregos.

A decisão afeta os museus arqueológicos de Nápoles, Taranto e Reggio Calabria no sul da Itália e o Museu do Palácio Ducal de Mantova e Galeria Estense em Modena, no norte.


Corte de Itália suspende a decisão de que os diretores dos museus derrubados

Fonte