CPI do BNDES deve permitir plano de tarefa nesta semana

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) do Senado que vai investigar empréstimos do mocho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a a internacionalização de empresas brasileiras reúne-se na próxima terça-feira (15) a introdução do seu roteiro de tarefa.

O relator da CPI, Roberto Rocha (PSB-MA), já se reuniu com técnicos e com o presidente da comissão, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a tratar do plano de tarefa, que deve ser apresentado na terça e votado na quarta-feira (16).

O plano de tarefa deve incluir os nomes das pessoas que o relator deseja ouvir e a relação de documentos que ele pretende criticar a formular o parecer. No entanto, novas oitivas e solicitações de informações podem ser aprovadas por requerimentos que forem aprovados pela comissão.

Os nomes mais esperados a depoimentos são os dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da holding J&F e do frigorífico JBS.

O relator garante, não obstante, que o foco da CPI não será investigar exclusivamente essas empresas. “É uma CPI que visa a apurar irregularidades nos empréstimos concedidos a empresas nacionais a fazerem investimentos fora do Brasil. São bilhões de dólares dos brasileiros que foram usados. Ela [CPI] não é somente de uma empresa. Não é pessoal, nosso requerimento de criação é impessoal”, afirmou Rocha.

A CPI foi criada no primeiro semestre e instalada na primeira semana de agosto, depois o recesso legislativo. A sanção de um plano de tarefa e de requerimentos complementares é o primeiro passo a o início das investigações.

CPI do BNDES deve permitir plano de tarefa nesta semana

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/cpi-bndes-deve-permitir-plano-181011627.html