Dez pessoas mortas ou feridas em arremetida na sede da polícia do Afeganistão [194590000] [194590000] Samihullah Paiwand | GARDEZ, Afeganistão GARDEZ, Afeganistão Dezenas de pessoas foram mortas ou feridas quando cerca de cinco homens-explosivo atacaram uma sede da polícia no leste Afeganistão no domingo, disseram autoridades.

O arremetida, reivindicado pelos talibãs, começou por volta das 6:30 da manhã (0200 GMT) quando um artilheiro detonou um carro repleto de explosivos em O portão da sede da polícia na cidade de Gardez, capital da província de Paktia, disse Najib Danish, um porta-voz do Ministério do Interior.

Mais quatro atacantes invadiram o portão detrás a explosão, com em Pelo menos dois mortos rapidamente pela polícia. Os outros manifestaram contra as forças especiais afegãs que responderam ao arremetida, disse ele.

O dinamarquês coloca o pedágio em duas policiais mortas e cinco feridas.

No entanto, médicos do hospital da cidade disseram que receberam os corpos de pelo menos cinco policiais, assaz como pelo menos 30 feridos, incluindo 20 civis.

O Taliban reivindicou a responsabilidade pelo arremetida, com o porta-voz Zabihullah Mujahid relatando que mais de 100 policiais foram mortos e feridos. O grupo islâmico muitas vezes exagera números de acidentes em ataques contra alvos governamentais e forças de segurança.

Grupos insurgentes como o Talibã e o Estado islâmico lançaram uma série de ataques no Afeganistão nas últimas semanas.

Estado islâmico reivindicou a responsabilidade por um arremetida mortal em Uma mesquita em Kabul na quinta-feira.



Fonte