Em tributo a João Donato, cantoras da MPB mostram entrosamento no Rio

THALES DE MENEZES, ENVIADO ESPECIAL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Depois da roda de samba na noite de franqueza, o Rock in Rio 2017 ampliou também mais seu histórico ecletismo musical na franqueza da programação deste sábado (16) no Palco Sunset, o segundo maior do evento.

O cantor Zé Ricardo, curador do palco, escalou um time de cantoras de safra recente da MPB na direção de uma homenagem ao cantor, compositor, arranjador e pianista João Donato, 83, representante pleno do movimento da corcunda nova.

Emanuelle Araújo, Lucy Alves, Mariana Aydar e Tiê se mostraram afinadas e suficientemente à vontade com o repertório de Donato, que tem talento na direção de implementar canções que parecem simples, mas são arquitetadas sobre uma trama musical sinuosa e complexa.

O próprio Donato conduziu o show, ao lado do filho Donatinho, que trouxe seus teclados “espaciais”. As moças se alternaram nos vocais, mas a força maior esteve nos momentos em que as quatro cantaram juntas, num resultado muito belo em “musa”, no começo do show, e “Paz”, que encerrou a exibição.

A identicamente sanfoneira Lucy Alves puxou “Flor de Maracujá” e “Lugar Comum”. Mariana Aydar, cantora pop mas suficientemente forrozeira, foi de “Emoriô” e “Naquela Estação”.

Tiê fez o vocal principal em seguida, nas divertidas “A Rã” e “Ê Menina”. Com a plateia mais quente, Emanuelle Araújo deitou e rolou com “Sambou Sambou” e “Nasci na direção de executar”, esta a que mais fez o assistência dançar.

Donato, com um sorriso permanente, sentado diante de seus teclados, era só felicidade. Uma jibóia homenagem.

Em tributo a João Donato, cantoras da MPB mostram entrosamento no Rio

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/5-em-tributo-jo%C3%A3o-donato-211200926.html