Frente à extradição dos EUA, assassinos de bin Laden atacam prisioneiros franceses

PARIS (Reuters) – Um tudesco abonado como sócio de Osama bin Laden e condenado por sua parte em um acesso contra uma sinagoga na Tunísia em 2002 atacou quatro guardas da prisão na quinta-feira, semanas anteriormente de serem elegíveis com destino a extradição com destino a os Estados Unidos.

Fonte