Gaga “despida” e 3 horas de Guns: 10 shows imperdíveis do Rock in Rio – 12/09/2017

Que o Rock in Rio está cheio de shows bons, todo mundo já sabe. Headliners como Aerosmith, Bon Jovi, Justin Timberlake e o retorno de Pet Shop Boys, Tears For Fears e Def Leppard (logo longos 20 anos) são pedidas certas, mas a sétima edição do festival em terras brasileiras identicamente promete momentos imperdíveis Cidade do Rock. Entre parcerias inusitadas, apresentações raras e estreias, o UOL selecionou 10 shows que você não pode deixar passar.

Lady Gaga

Getty Images

Imagem: Getty Images

Quando e Onde: 15/09 00:25 • PALCO MUNDO

A primeira headliner do Rock in Rio 2017 chega ao Brasil em plena nova fase da carreira, dessa vez sem castelo como cenário ou roupa de carne. Os cariocas devem ver uma Lady Gaga assaz dissemelhante, despida dos excessos. Sua nova turnê já está na estrada e sabemos de previamente que os grandes hits fervidos da cantora estão garantidos (“Born This Way”, “Paparazzi” e “Poker Face”), mas o grande trunfo está na variedade do seu pop, fundado em seu último disco, “Joanne”, que vai do folk ao country.

Shawn Mendes

Peter Dejong/AP

Imagem: Peter Dejong/AP

Quando e onde: 16/09 21:00 • PALCO MUNDO

Ele tem unicamente 19 anos e já emplacou dois discos no primeiro lugar da Billboard e foi o nome escolhido pela MTV a ressuscitar o formato Acústico. É o nome mais quente do pop norte-estadounidense a subir no palco Mundo. Não, Shawn Mendes não reinventa a roda. Seu show é simples e escoltado durante todo o tempo pela gritaria dos fãs, mas os canadenses conseguem se diferenciar de outros nomes da mesma seara. Ele compõe os próprios hits, e sempre está no piano ou com o violão a tiracolo a cantar canções sobre cupido.

Grandmaster Flash

Reprodução

Imagem: Reprodução

Quando e Onde: 16/09 01:45 • ELETRÔNICA

Uma coisa é certa. Não existiria o rap e o hip-hop sem esse cara. Joseph Saddler, mais conhecido como Grandmaster Flash, veio do South Bronx na década de 70 a ostentar suas batidas emblemáticas na Cidade do Rock. Ele é responsável pela criação (ou a popularização) do “scratch” e sua participação nas lendárias festas de rua naquela época fez renascer um novo Brooklyn, em uma época em que a violência e a pobreza tomavam conta da região. Parte dessa história é contada na série “The Get Down”, da Netflix, mas a lição magna mesmo vai acaecer ao vivo.

Nile Rodgers e Chic

Facundo Arrizabalaga/EFE/EPA

Imagem: Facundo Arrizabalaga/EFE/EPA

Quando e Onde: 17/09 20:00 • SUNSET

É difícil você não senhorear consumido, direta ou indiretamente, qualquer hit do compositor, arranjador e guitarrista estadounidense Nile Rodgers. identicamente conhecido como líder da grupo Chic, ele é pai de hinos atemporais, como “Le Freak” e “Dance Dance Dance” (todas de sua grupo, Chic), “We Are Family” (Sister Sledge), “Like a Virgin” (Madonna), “Let”s Dance” (David Bowie)… É a volta do esfumaçado inferninho anos 1980 em plena Cidade do Rock. Nile volta ao Brasil com o Chic pela terceira vez, logo travar uma luta contra um câncer de próstata. A volta aos palcos logo a doença mostra um Nile com a mesma energia daquela época, provando que a Disco Music ainda agora vive e realiza dançar

O Grande Encontro

Divulgação

Imagem: Divulgação

Quando e Onde: 22/09 18:00 • SUNSET

Um dos encontros mais celebrados da MPB nos anos 1990, o Grande Encontro está de volta à estrada com sucessos pinçados das carreiras de Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e Alceu Valença. Os grandes nomes da geração nordestina estiveram presentes no primeiro Rock in Rio, em 1985, em apresentações solos, e voltam actualmente com um show especial com a lendária grupo de Pífanos Zé do Estado e o Grupo Grial de Dança.

Ney e Nação Zumbi

Helena Yoshioka/I hate flash/Divulgação

Imagem: Helena Yoshioka/I hate flash/Divulgação

Quando e Onde: 22/09 20:00 • SUNSET

Sem nenhuma esperança a a grande volta do Secos e Molhados, Ney Matogrosso prepara um show especial com o repertório da grupo que o lançou nos anos 1970. Dessa vez, uma das vozes mais marcantes do Brasil se deita na cama do manguebeat com guitarras pesadas e a percussão da Nação Zumbi. O show inédito era um ancestral desejo de Ney, que sempre quis trabalhar com a grupo pernambucana. A primeira modelo da parceria, “cupido”, já circula por então e promete um show com dose extra de energia.

explosivo Estéreo e Karol Conká

Divulgação

Imagem: Divulgação

Quando e Onde: 23/09 18:00 • SUNSET

A mistura do hip-hop da brasileira da curitibana com a cumbia e a música eletrônica de uma das maiores paragem da Colômbia promete ser potente. Com 10 anos de carreira, o explosivo Estéreo já tocou com Will Smith no hit “Fiesta” em 2015 e actualmente vai experimentar a parceria inédita com as rimas empoderadas da curitibana, que realiza sua estreia no festival.

The Who

Chris Pizzello/Invision/AP

Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP

Quando e Onde: 23/09 22:35 • PALCO MUNDO

Uma das maiores paragem de todos os tempos, o The Who resiste ao tempo, mas dissemelhante de outros representantes da “invasão britânica” dos anos 1960, como Rolling Stones e Beatles, não dominou a tino dos brasileiros com a mesma força. Talvez por isso nunca tivessem passado por aqui em mais de 50 anos de trajetória. A estreia acontece justamente no que os vovôs do rock estão chamando de “turnê de despedida”. Ok, Aerosmith (que identicamente toca no festival) disse a mesma coisa há alguns anos. Na dúvida, não custa vê-los tocar pela primeira vez em terras brasileiras hits como “I Can’t Explain” e “My Generation”.

Guns N’ Roses

Katarina Benzova/Divulgação

Imagem: Katarina Benzova/Divulgação

Quando e Onde: 23/09 00:25 • PALCO MUNDO

Nós sabemos: Corre risco de entravar e alguma treta no som tirar Axl Rose do sério, mas a reunião da formação original (com exceção unicamente do baterista Steven Adler e o guitarrista Izzy Stradlin) não deixou pedra sobre pedra na passagem por São Paulo no idade passado e deve repetir o tom épico no Rock in Rio, casa em que a grupo tocou (em suas múltiplas formações) por cinco vezes. Entre “It’s so Easy” que abre as apresentações, e “Paradise City” já no repetição, a grupo promete um show de 3 horas. É grande se preparar a a maratona.

 

Red Hot Chili Peppers

Amy Harris/Invision/AP

Imagem: Amy Harris/Invision/AP

Quando e Onde: 24/09 00:25 • PALCO MUNDO

Os californianos são velhos conhecidos dos fãs brasileiros. unicamente no Rock in Rio, a grupo liderada por Anthony Kiedis tocou por três vezes. Sua presença na programação deste idade, no entanto, promete algumas surpresas. A borda do mais recente disco, “The Gataway”, o Red Hot vai se expor em grooves e batidas mais pop, que surpreendeu ainda mesmo os seguidores mais ferrenhos nos singles do novo ocupação “Dark Necessities” e “Go Robot”. ainda agora desta forma, é garantido a mesma ‘vibe’ de sempre – muita energia e hits.

Gaga “despida” e 3 horas de Guns: 10 shows imperdíveis do Rock in Rio – 12/09/2017

Fonte: https://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2017/09/12/gaga-despida-e-3-horas-de-guns-10-shows-imperdiveis-do-rock-in-rio.htm