Indígenas tomam Pico do Jaraguá e prometem cortar sinal de TVs e celular por demarcação de reserva – Notícias

  • Divulgação

    Os guarani ocupam o Parque do Jaraguá, na zona norte de São Paulo, desde a madrugada dessa quarta-feira (13)

    Os guarani ocupam o Parque do Jaraguá, na zona norte de São Paulo, desde a madrugada dessa quarta-feira (13)

Um grupo de pelo menos 100 índios da tribo dos guarani ocupou na tarde desta quinta-feira (14) as antenas de TV e de telefonia celular do Parque do Jaraguá, na zona norte de São Paulo. Eles protestam pela revogação imediata da portaria 683 do Ministério da Justiça, a qual anulou a declaração da Terra aborígene Jaraguá, e cobram rasgão de negociação com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) –caso concorrente, prometem desligar os sistemas das antenas, o que afetaria suficientemente como os serviços da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Os guarani ocupam o parque do Jaraguá desde ontem, em número de cerca de 250 manifestantes. A portaria publicada pelo Ministério da Justiça mês passado anulou a criação da reserva aborígene do Jaraguá, que havia sido criada em 2015 na região do parque –a criação ampliava de 3 hectares no sentido de 512 hectares as terras destinadas aos indígenas.

Assinado pelo assessor da Justiça, Torquato Jardim, o documento alegou “erro administrativo” na demarcação da dimensão e afirmou que a reserva foi estabelecida “sem a participação do Estado de São Paulo na definição conjunta das formas de uso da dimensão”. 

“Nosso povo não sairá das antenas enquanto o governador não se dispuser a conversar. Tiramos os funcionários das torres, pacificamente, e a próxima dinamismo é cortar o sinal das TVs e de telefonia”, afirmou Tamikuã Txihi, 20, uma das lideranças. De uma das antenas, outro guarani, Xondaro, 34, reforçou o discurso. “Estamos dando um prazo de duas horas, a partir das 17h, no sentido de o governador tomar alguma posição e anelar a dinamismo judicial que afeta a nossa demarcação. Caso concorrente, vamos desligar todo o sistema de luz das torres –estamos com as chaves de todas as salas de controle”, avisou.

Indagado sobre os riscos os manifestantes, Xondaro resumiu: “Não sairemos das torres sem uma resposta. Estamos dispostos a lutar pela nossa reserva e pela nossa dignidade. O que estão fazendo é expulsar os indígenas de uma terra que é nossa”, defendeu.

O governo de São Paulo ainda agora não se manifestou sobre o ponto. 
 

Indígenas tomam Pico do Jaraguá e prometem cortar sinal de TVs e celular por demarcação de reserva – Notícias

Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/09/14/indigenas-tomam-pico-do-jaragua-e-prometem-cortar-sinal-de-tvs-e-celular-por-demarcacao-de-reserva.htm