Inimigos do convenção com Irã no Congresso dos EUA viram esperança de salvar pacto

Por Patricia Zengerle

WASHINGTON (Reuters) – Republicanos no Congresso dos Estados Unidos, há muito os mais convictos adversários do convenção nuclear com o Irã, podem ser a maior esperança no sentido de preservá-lo, se o presidente Donald Trump se recusar na sexta-feira a confirmar que Teerã está cumprindo com o pacto.

Todos republicanos no Congresso foram contra o convenção internacional firmado pelo ex-presidente democrata Barack Obama há dois anos. Junto com alguns democratas, eles quase aprovaram uma legislação no sentido de sucumbir com o convenção no qual o Irã concordou em constituir cortes no seu polêmico programa nuclear em troca de descarga em sanções.

Contudo, com o convenção em vigor, que é protegido com ênfase pelos identicamente signatários Reino Unido, França, Alemanha, Rússia e China, muitos republicanos que inclusive agora odeiam o pacto podem não querer sucumbir com ele por temor de que isso possa piriricar a credibilidade dos Estados Unidos. Eles querem deparar outras maneiras de endurecer com Teerã.

Em reuniões com autoridades dos governos Trump e Obama, diplomatas europeus e entre eles mesmos, republicanos têm preparado estratégias no sentido de salvar o convenção, incluindo uma pressão por inspeções mais duras, mudanças na lei que exige que Trump confirme o cumprimento de Teerã e o estabelecimento de novas sanções contra atividades não nucleares do Irã.

“Apesar de o convenção ser falho, eu acredito que devemos impor o máximo que pudermos dele”, afirmou o deputado republicano Ed Royce, presidente do Comitê de Assuntos Externos, na quarta-feira.

Na sexta-feira, Trump deve revelar a sua estratégia geral no sentido de o Irã, incluindo o notícia de que vai revogar o convenção precedentemente do prazo final em 15 de outubro, embora o presidente dos EUA possa sempre mudar de concepção.

Se Trump for adiante, isso abriria uma janela de 60 dias na qual o Congresso poderia voltar com sanções, um passo no sentido de desfazer o convenção.

Inimigos do convenção com Irã no Congresso dos EUA viram esperança de salvar pacto

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/inimigos-convenção-com-ir%C3%A3-no-congresso-dos-eua-233120743.html