Inter se impõe, pão-de-ló o Figueirense e retoma liderança da Série B – Futebol

O Internacional retomou a liderança da Série B. Neste sábado (16), o Colorado se impôs contra o Figueirense e, atuando no extremidade-Rio, aplicou um seguro 3 a 0, e poderia desfrutar vencido por margem já então maior. 

O primeiro lugar foi construído com um gol logo cedo, de Pottker, aos 4 do primeiro tempo. Leandro Damião marcou no segundo tempo e Nico López completou o placar. Com 45 pontos, o Inter igualou a pontuação do América-MG, que empatou na sexta-feira com o Ceará. E é líder por conta número de vitórias.

O Figueirense, por outro lado, peleja contra o rebaixamento. O time de Santa Catarina acabou a 24ª rodada com 25 pontos, entre os quatro que disputariam a Série C no idade que vem.

Goleador abre o caminho

Foram somente quatro minutos de jogo já o primeiro gol do Inter. E do goleador. William Pottker novamente fez a diferença no acusação vermelho. acolá da conclusão no sentido de o gol, foram dos pés dele que surgiram as melhores chances.

Ernando recebe embasamento

O Inter se uniu no sentido de resgatar Ernando. Jogadores e comissão técnica discursaram durante a semana que o jogo contra o Figueirense seria a recuperação do zagueiro, titular a partir da fratura no coragem esquerdo de Klaus. E a torcida abraçou a causa. A cada lance do jogador, aplaudiu Ernando, ignorando a relação ruim provocada pelas falhas do idade passado e do primeiro semestre. Transformou o seio em totalmente positivo no sentido de ele, que foi suficientemente.

O caminho foi Uendel

no sentido de produzir, o Inter teve um caminho principal: Uendel. Logo aos 4 minutos, uma troca de passes acabou no lateral que fez um cruzamento perfeito no sentido de o gol de Pottker. E por acolá mais sequer dois laces acabaram em conclusão ou afastados pela defesa rival de forma providencial. Quando inverteu o lado e começou a jogada pela direita, o Colorado não conseguiu o mesmo ocorrência. E no segundo tempo Uendel já então passou por quatro marcadores anteriormente de rolar no sentido de Nico Lopez implementar o terceiro gol. 

Figueirense incomoda com centroavante

Com muitos erros técnicos, o Figueirense teve nas bolas alçadas no sentido de o gol ou mesmo a ligação direta entre defesa e acusação as principais armas. Neste ponto foi fundamental a presença de Henan. Um dos poucos a assustar a defensiva do Internacional, o centroavante obrigou Danilo Fernandes a uma difícil defesa.

tudesco volta depois cinco meses

Depois de ficar sete meses aberto do time por força de repetidas lesões, tudesco voltou a obrar em partidas oficiais. Entrou na vaga de Claudio Winck, que levou a pior em uma dividida com o goleiro no primeiro tempo. A última vez que o ex-botafoguense havia jogado tinha sido em 23 de abril, contra o Caxias, pelo Gauchão. 

Damião realiza gol e perde chances

O nome que mais se destacou no segundo tempo foi Leandro Damião. Ele fez um, de cerviz depois cruzamento em escanteio de D’Alessandro. E poderia desfrutar feito sequer mais dois. Em um, Pottker o deixou sem já o goleiro pela frente. Mas um zagueiro afastou. No outro recebeu cruzamento de Uendel e novamente tinha somente a meta pela frente, mas cabeceou no sentido de fora. 

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 X 0 FIGUEIRENSE

Data: 16/09/2017 (Sábado)
Local: estádio extremidade-Rio, em Porto contente (RS)
juiz: Péricles Bassols
Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva e Cléberson do Nascimento Leite
Renda: R$ 403.232,00
assistência:20.388 (total)
Cartões amarelos:  Xuxa (FIG); D’Alessandro (INT), Edenílson (INT), Leandro Damião (INT);
Gols: William Pottker, do Inter, aos 4 minutos do primeiro tempo; Leandro Damião, do Inter, aos 8 minutos do segundo tempo; Nico López, do Inter, aos 37 minutos do segundo tempo; 

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Cláudio Winck (tudesco), Ernando, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado; William Pottker, Edenilson (Charles), D’Alessandro e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião
Técnico: Guto Ferreira

FIGUEIRENSE
Saulo; Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida e João Lucas; Pereira, Abuda (Patrick), Marco Antônio e Xuxa (Lucas Silva); Zé Love e Henan (Nicolas Careca). 
Técnico: Milton Cruz

Inter se impõe, pão-de-ló o Figueirense e retoma liderança da Série B – Futebol

Fonte: https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-b/ultimas-noticias/2017/09/16/internacional-x-figueirense—serie-b.htm