intérprete marcante do cinema norte-americano, Harry Dean Stanton morre aos 91

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O intérprete norte-americano Harry Dean Stanton morreu nesta sexta-feira (15) aos 91 anos.

Stanton atuava desde os anos 1950 de maneira ininterrupta e tem cerca de 200 títulos em sua filmografia, incluindo longas cultuados de diretores renomados, como “Pat Garrett & Billy the Kid” (1973), de Sam Peckinpah, “Alien” (1979), de Ridley Scott, “A Última Tentação de Cristo” (1988), de Martin Scorsese, entre outros.

Seu tipo taciturno ficou marcado de forma indelével no clássico “Paris, Texas” (1984), de Wim Wenders.

identicamente era um contumaz colaborador de David Lynch, com quem trabalhou em filmes como “Coração Selvagem” (1990), “História Real” (1999) e “Império dos Sonhos” (2006). Recentemente, identicamente atuou na nova temporada da série “Twin Peaks” (2017), disponível na plataforma sob demanda Netflix.

De trato com o polícia John Kelly, Stanton morreu pacificamente no hospital Cedars Sinai, em Los Angeles, afirmou em comunicado.

“Ele é um desses atores que sabe que seu rosto é a história”, disse o amante Sam Shepard, dramaturgo e intérprete, no documentário de 2012 “Harry Dean Stanton: Partly Fiction” -Shepard morreu em julho deste idade aos 73 anos.

intérprete marcante do cinema norte-americano, Harry Dean Stanton morre aos 91

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/intérprete-marcante-cinema-norte-americano-harry-023700862.html