Irma deixa sem eletricidade mais de 2,5 milhões de clientes na Flórida

Miami (EUA), 10 set (EFE).- O potente furacão Irma já deixou sem eletricidade mais de dois milhões e meio de clientes na Flórida, 27% do total, seguidamente chegar esta manhã nos cayos (ilhotas arenosas), no extremo sudeste dos Estados Unidos.

dessa maneira indica no seu último alteração, das 17h40 (horário local, 18h40 em Brasília), o escritório de Gestão de Emergências do estado, que vai atualizando-o ao longo do dia na sua conta do Twitter.

Os afetados são um total de 2.714.891 clientes das companhias fornecedoras no estado.

O condado com maiores cortes de energia é Monroe, onde ficam os cayos e uma parte do litoral do sudoeste, com 85% dos clientes sem fornecimento.

Outro dos condados mais atingidos é Miami-Dade, o mais povoado da Flórida, com 911.616 imóveis às escuras, 80% do total.

No condado de Collier, onde fica Naples, 71% dos imóveis não têm eletricidade.

Broward, onde fica Fort Lauderdale e Hollywood; e Madison, a norte do estado, igualmente estão entre os mais afetados pelos cortes de eletricidade.

O furacão Irma baixou em categoria 2 e está muito perto da cidade de Naples, na costa oeste do estado, onde são esperadas “ressacas perigosas” seguidamente a passagem do olho da tempestade pela região.

dantes de chegar à Flórida com categoria 5, o ciclone causou cerca de 30 mortes e vários danos materiais em sua passagem pelo Caribe.

inclusive agora morreram pelo menos três pessoas na Flórida em consequência das condições climatológicas adversas provocadas pelo Irma.

As autoridades da Flórida ordenaram a evacuação de 6,3 milhões de pessoas por causa da chegada do Irma e, longe do êxodo em massa de moradores que deixaram o estado, milhares decidiram ir em refúgios preparados em escolas, ginásios e outras instalações em se proteger do ciclone. EFE

Irma deixa sem eletricidade mais de 2,5 milhões de clientes na Flórida

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/irma-deixa-eletricidade-2-5-milh%C3%B5es-clientes-fl%C3%B3rida-213953505.html