Irmão do presidente iraniano Rohani é detido por crimes financeiros

O irmão e consultor especial do presidente iraniano Hassan Rohani foi preso por crimes “financeiros”, anunciou neste domingo (16) o porta-voz da Justiça, Mohseni-Ejeie Gholamhosein.

Hossein Fereydun “foi interrogado em várias ocasiões, assaz como pessoas pessoas de seu círculo”.

“Uma fiança foi fixada, mas como não pode pagar o montante, foi transferido no sentido de a prisão”, indicou Mohseni-Ejeie durante uma coletiva de imprensa.

“Se pagar a fiança será libertado. Mas o caso está em curso”, explicou Mohseni-Ejei, indicando que “outras pessoas idem foram presas”.

O irmão do presidente tem sido citado há um idade em vários casos de corrupção, especialmente em crimes bancários.

Um idade anteriormente, o chefe da Inspeção-Geral, Nasser Seraj, denunciou que Fereydoun havia “pressionado” no sentido de nomear à direção do tamborete Refah um de seus assessores, naquele lugar Sedghi, suspeito de vários “delitos financeiros”.

Hossein Fereydoun idem estaria ligado a um outro caso envolvendo naquele lugar Rastegar Sorkheie, gerente do tamborete Melat, que foi preso em um caso de “corrupção bancária” pela Guarda da Revolução, segundo a sucursal Tasnim, próxima dos conservadores.

Os conservadores exigem há tempos a prisão de Hossein Fereydoun por corrupção.

Irmão do presidente iraniano Rohani é detido por crimes financeiros

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/irm%C3%A3o-presidente-iraniano-rohani-%C3%A9-detido-crimes-financeiros-142225285.html