Irmãos Batista evitaram prejuízo potencial de R$138 mi com venda de obra dantes de delação, diz PF

SÃO PAULO (Reuters) – A venda antecipada de obra da JBS por parte da controladora FB Participações, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, dantes da divulgação do ajustamento de delação premiada fechado com a Procuradoria-Geral da República evitou um prejuízo potencial de 138 milhões de reais aos executivos, disseram delegados da Polícia Federal nesta quarta-feira.

De ajustamento com a PF, os irmãos Batista determinaram a venda de 372 milhões de reais em obra da JBS por parte da FB participações, simultaneamente em que a JBS passou a comprar papéis da própria companhia. lá da transações envolvendo as obra, Joesley e Wesley lucraram milhões com a compra de dólares dantes da divulgação da delegação, de ajustamento com a PF.

Wesley Batista, presidente-executivo da JBS, foi preso em São Paulo nesta quarta-feira como parte de uma investigação sobre suspeita de que executivos do grupo se aproveitaram de ciência privilegiada em decorrência dos próprios acordos de delação premiada em direção a chupar lucros no mercado financeiro.

(Por Gabriela Mello)

Irmãos Batista evitaram prejuízo potencial de R$138 mi com venda de obra dantes de delação, diz PF

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/irm%C3%A3os-batista-evitaram-preju%C3%ADzo-potencial-r-138-mi-135401687–finance.html