J&F teme que colaboração de Funaro comprometa delação da empresa – 09/08/2017 – Mônica Bergamo – Colunistas

A delação de Lucio Funaro preocupa os executivos da J&F. Eles passaram os últimos dias fazendo um pente-fino em todos os documentos que têm sobre o relacionamento que mantiveram com o doleiro a entregar ao Ministério assistência Federal. O temor é que Funaro se lembre de um tanto que tenha passado despercebido por eles e que comprometa toda a delação da empresa.

LEMBRANÇAS
Depois de estabelecer trato de colaboração, um delator não pode mastigar lapsos de memória a explicar eventuais omissões nas informações que deu às autoridades, sob pena de fruir todo o trato desfeito.

NOTA FISCAL
Um dos documentos que a J&F entregará ao MPF é o recibo de R$ 600 mil, correspondente a parcela do “mensalinho” que a empresa diz fruir pago a Funaro. Os desembolsos eram justificados por serviços de consultoria. Seria um dos raros casos de propina com nota fiscal da delação da empresa.

NO PAPEL
E depois do fracasso na negociação da Eldorado Celulose com a chilena Arauco, a J&F passou a declarar a vicissitude de negociar com empresas chinesas que já manifestaram melhoramento pela empresa.

ANTIGA TURMA
Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Fernando Henrique Cardoso tiveram longa conversa na tarde de terça (8), no solidão do ex-presidente, no bairro de Higienópolis, em São Paulo.

*

Da reunião participaram assi como o assessor da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), e o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI).

EM diligência
Na pauta, entre outros assuntos, a sucessão de 2018. Fernando Henrique Cardoso admitiu que o PSDB passa por uma crise e precisa se “reencontrar”.

Raquel Cunha/TV Globo/Divulgação

NO PARAÍSO
Sergio Guizé está no Jalapão, em Tocantins, onde grava cenas da próxima novela das 21h da TV Globo, “O Outro Lado do Paraíso” de Walcyr Carrasco; o artista interpretará Gael, personagem principal da trama

PODE adjudicar
O assessor do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin arquivou um processo por injúria que o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) moveu contra o deputado Glauber cabedula (PSOL-RJ). Na votação do distanciamento de Dilma Rousseff, cabedula chamou o colega de “malfeitor” e disse que “o que dá sustentação à sua assento cheira a enxofre.” a Fachin, o deputado não pode ser punido por fruir imunidade parlamentar.

facienda
Kubrick em Concerto, homenagem que o Theatro Municipal fez ao informar as principais composições de três filmes do diretor (“Laranja Mecânica”, “2001- Uma Odisséia no Espaço” e “Barry Lindon”), entrará a o cronónimo cultural da cidade. O evento deve ser repetido todos os anos a começar de 2018.

facienda 2
Em uma das apresentações, 1.172 pessoas assistiram ao concerto em homenagem a Kubrick, que, adiante das músicas, exibiu imagens dos filmes dele. O teatro tem 1.400 lugares.

TELA GRANDE
A Secretaria Municipal de Cultura pretende repetir a experiência com trilhas sonoras de filmes de outros cineastas, como Fellini, e já de séries célebres como “Jornada nas Estrelas” e “Havaí 5.0”.

VOTA EM MIM
Com o escápula do Google, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo vai lançar nesta quarta (9) o Prêmio Educação nas Redes: os Novos Influenciadores Digitais. A conceito é conhecer e premiar os youtubers das escolas estaduais. A escolha dos vencedores será por votação na internet. Entre os prêmios estão bolsas a curso de produção de vídeos no Google.

ENTRE unido
Os atores Daniel Rocha e Hugo Bonemer são os protagonistas da peça “Frames”, que teve pré-estreia na sexta (4). O diretor Kim Riccelli e os atores Bruna Lombardi, Carlos Alberto Riccelli, Theodoro Cochrane, Ohana Homeme e Thiago Amaral foram ver ao espetáculo, no teatro do shopping Morumbi.

CURTO-CIRCUITO

A Casa Sinlogo abre hoje a exposição “Charges de um Quadrinista – André Dahmer”. Às 18h.

A 12ª Mostra Mundo ismaelita de Cinema começa hoje no Cinesesc.

Mona Dorf recebe hoje o urbanista Jaime Lerner a sessão de cinema e conversa. Às 20h30, na Unibes Cultural.

A cantora Letrux realiza show futuro, às 21h, no Centro Cultural São Paulo.

com BRUNA NARCIZO, escuro FÁVERO e JOÃO CARNEIRO

J&F teme que colaboração de Funaro comprometa delação da empresa – 09/08/2017 – Mônica Bergamo – Colunistas

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2017/08/1908299-delacao-de-funaro-preocupa-jf.shtml