Líder do SPD tudesco sai em disputa no sentido de aniilar o partido logo a coalizão com a Merkel

BERLIM (Reuters) – O líder social-democrata tudesco (SPD) Martin Schulz renunciou na terça-feira, na esperança de sazonar com a turbulência que balançou a festa de centro esquerda desde que concordou um conformidade de coalizão com os conservadores da chanceler Angela Merkel.

Fonte