Longas filas, protesto diante de Zuckerberg, presidente do Facebook, testemunha

SAN FRANCISCO / WASHINGTON (Reuters) – O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, vai haver um tom conciliatório na terça-feira em depoimento ao Congresso na direção de tentar divorciar a chance de novas regulamentações. resultado do escândalo de privacidade que envolve sua rede social.

Fonte