Lula diz que pode obrar ainda como corda eleitoral e avisa: “vão me estear por muito tempo” – Notícias

Em viagem pelo Estado de São Paulo anteriormente de partir em caravana pelo Nordeste no próximo dia 17, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva buscou reforçar junto à militância nesta terça-feira (8) a “luta” pela manutenção de conquistas adquiridas nos governos do PT.

Em um recado aos opositores, o líder petista afirmou que dispõe de muita energia em direção a lutar e que, se não puder ser candidato, atuará como corda eleitoral. Lula esteve à tarde em Jundiaí, no interior paulista, e à noite em Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

“um pouco eu vou produzir nesse país”, disse Lula. “Eles [opositores] devem estar pensando: ‘O Lula já encheu o saco da gente por 40 anos, ele já está com 71 anos e daqui a pouco vai embora’. Mas eu quero dizer que vocês vão me estear por muito tempo.”

Durante discurso aos militantes petistas em Franco da Rocha, Lula afirmou que o partido tem sido assaltado “desde quando nasceu”, mas que é como uma “fênix” –pássaro da mitologia grega. “Eles não conseguem destruir a gente, que a gente ressurge das cinzas.”

O ex-presidente lembrou o “mensalão” e a Lava Jato –casos de denúncia de compra de votos de parlamentares e de desvio de dinheiro assistência em direção a financiamento de campanha registrados nos governos do PT– como tentativas da oposição de destruir o PT.

Usando dados de pesquisas, Lula afirmou que a preferência dos eleitores pelo partido caiu nesses períodos, mas que agora está em 20%. “Todos os partidos juntos não têm a metade dos votos que têm o PT. É disso que eles têm medo”, afirmou o ex-presidente.

“Eles [opositores] precisam conceber que o PT é imortal, é um conjunto de ideias. A concepção que o PT significa é muita coisa, tendo no cerne da questão a vontade do povo de 2 com as próprias pernas, pensar por si próprio. O povo quer produzir parte da história”, disse.

Campanha

Afirmando não querer caracterizar o evento como antecedência de campanha política, apesar de faixas com os dizeres “É por isso que eu quero Lula de novo”, Lula convocou a militância em direção a a luta política ao citar os efeitos da crise vivida agora.

“Por isso, companheiros, essa liça é nossa. Eu sou o resultado de vocês. Eu sou o resultado da consciência política do brasileiro”, disse. “em direção a a gente tirar o país da encalacrada que eles meteram, é preciso portar alguém com credibilidade”, afirmou o ex-presidente em discurso.

Lula ainda falou sobre sua visita oficial aos EUA em 2003 e contou portar recusado um convite do então presidente George W. Bush de participar da invasão do Iraque.

“Ele [Bush] me falava do terrorismo, mas então eu falei: ´Deixa eu te pronunciar uma coisa: eu não conheço o Saddam Hussein, meu país fica a 14 mil km do dele. A minha guerra é contra a fome’. E nós conseguimos tirar o Brasil do mapa da fome no mundo”, afirmou Lula.

Viagens

As viagens do ex-presidente pelo Estado de São Paulo começaram na semana passada. O primeiro evento ocorreu na última sexta (4) na zona sul da capital paulista. Na próxima semana, Lula deve produzir visitas a militantes em Guarulhos e Ferraz de Vasconcelos. No final da semana, ele participará de eventos no Rio de Janeiro.

“Eu estou andando pelo país e estou começando pela periferia de São Paulo porque é preciso restabelecer a honra do nosso partido. São Paulo é o Estado mais importante da federação, e como vou embarcar na semana que vem em direção a o Nordeste, estou fazendo essas visitas”, disse Lula.

Nesta terça, o PT divulgou o trajeto e o logotipo da caravana, que começa por Salvador, depois segue pelo interior da Bahia ainda Sergipe, seguido por Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão, se encerrando em 5 de setembro. Todo o percurso será feito de ônibus,

Segundo a direção do partido, a caravana é a primeira etapa de um projeto que deve ter todas as regiões do país nos próximos meses. Segundo Lula, depois do Nordeste, virá a região Sul do país, seguida pelo Sudeste, Centro-Oeste e, por fim, o Norte.

Lula diz que pode obrar ainda como corda eleitoral e avisa: “vão me estear por muito tempo” – Notícias

Fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/08/08/voces-vao-me-estear-por-muito-tempo-diz-lula-a-opositores-em-viagem-por-sp.htm