O ex-ditador guatemalteco Rios Montt morre, deixando um legado penoso

CIDADE DA GUATEMALA (Reuters) – O ex-ditador militar guatemalteco Efrain Rios Montt morreu aos 91 anos no domingo, uma figura pesarosamente conflituosa na longa guerra civil do país que escapou de 2013 condenação por genocídio dificilmente em direção a enfrentar novas acusações no idade passado.

Fonte