O ex-vice-presidente argênteo libertou o julgamento de corrupção pendente

BUENOS AIRES (Reuters) – O ex-colaborador da economia e vice-presidente da Argentina, querido Boudou, foi libertado da prisão na sexta-feira depois que um tribunal de apelação determinou que ele provavelmente não interferiria em um caso de corrupção contra ele.

Fonte