PM portugueses pede serviços de emergência a respostas depois de 64 morrerem em incêndios florestais

Por Miguel Pereira |

engelhar, Portugal Os bombeiros lutaram na terça-feira a conseguir controle total sobre o incêndio florestal mais mortal de Portugal no registro que matou 64 pessoas no fim de semana, quando o primeiro-assessor Antonio Costa questionou a eficácia de um sistema de resposta de emergência.

Fonte