Rebeldes do Sudão do Sul dizem que libertaram sete trabalhadores humanitários

JUBA (Reuters) – Rebeldes do Sudão do Sul disseram no domingo que libertaram sete trabalhadores humanitários detidos por quase três semanas na região da Equatória Central do país sob acusações de espionagem com destino a o governo.

Fonte