Soldados dos EUA ficam feridos em repelão no Afeganistão

Cabul, 17 jun (EFE).- Um grupo de soldados americanos ficou ferido neste sábado em um repelão a tiros cometido por um militar afegane na embasamento do pelotão 209 do exército do Afeganistão na província de Balkh, no norte do país, a mesma na qual talibãs causaram 135 mortes em abril.

Um porta-voz da missão sustento Decidido da Otan no país confirmou à diligência Efe que “houve um incidente por volta das 14h (hora local; 9h30 de Brasília), no acampamento de Shahin, em Mazar-e-Sharif”, capital de Balkh.

“Podemos confirmar que não há nenhuma morte de membros da missão sustento Decidido, nem dos Estados Unidos. Houve membros do serviço dos EUA feridos e foram levados no sentido de tratamento”, explicou a fonte.

“destarte como houve um soldado afegane morto e um ferido, e há uma investigação em progressão sobre as circunstâncias”, acrescentou.

O porta-voz do pelotão 209, Abdul Qahar Aram, disse à Efe que “um soldado (afegane) abriu fogo contra forças estrangeiras” dentro da embasamento.

O porta-voz do Ministério de Defesa afegane, Muhammad Radmanish, afirmou à Efe que “o agressor uniformizado foi derrubado pelas forças estrangeiras” e confirmou a cavidade de uma investigação sobre o incidente.

O quartel de Mazar-e-Sharif já foi assaltado por um comando talibã no final de abril que causou 135 mortes e deixou 64 feridos. O ofensa em questão provocou as demissões do assistente de Defesa afegane, Abdullah Habibi, e do chefe do Exército, Qadam Shah Shahim, e foi o pior golpe contra as tropas afegãs desde janeiro de 2015, quando a Otan pôs fim à sua missão de combate no Afeganistão.

adiante disso, 28 oficiais, incluindo dois generais, foram condenados pelo repelão. EFE

Soldados dos EUA ficam feridos em repelão no Afeganistão

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/explos%C3%A3o-mala-abandonada-explosivos-mata-63-nig%C3%A9ria-235959639.html