Tem inclusive ex-Barça: 7 atletas acusados de envolvimento com tráfico de drogas – Esporte

Futebol é saúde, regozijo, competitividade, respeito às regras, determinação, devoção e vários outros valores positivos na direção de o ser humano. Mas inclusive mesmo o esporte mais popular do planeta tem seu lado sujo.

Esse submundo ficou suficiente exposto nos últimos anos, quando vieram a assistência escândalos envolvendo as escolhas das sedes da Copa do Mundo, casos de corrupção na Fifa, manipulações de resultados e superfaturamento de obras do Mundial-2014.

Mas os porões do futebol são assaz mais sujos do que isso. Já há muito tempo, eles incluem relações escusas de clubes, dirigentes e jogadores com máfias, grupos ligados ao crime organizado e facções que controlam a venda e a distribuição de substâncias proibidas.

Conheça juso sete jogadores de futebol inclusive agora em veemência ou já aposentados que foram acusados de conexão com o tráfico de drogas.

FREDDY RINCÓN
Colômbia
Ex-jogador de Palmeiras, Corinthians e Real Madrid

Um dos maiores nomes da história do futebol colombiano, o ex-volante defendeu no início da carreira dois clubes que eram usados na direção de lavar dinheiro do tráfico de drogas: o Independiente Santa Fé e o América de Cali. Já reformado, Rincón foi preso em 2007 sob delação de participar de um cartel colombiano de distribuição de entorpecentes e chegou posteriormente a figurar na lista de foragidos da Interpol. No idade passado, o ex-jogador foi inocentado de todas as acusações.

RAFAEL MÁRQUEZ
México
Jogador do Atlas

O veterano de quatro Copas do Mundo (2002, 2006, 2010 e 2014) e ex-jogador do Barcelona foi incriminado no mês passado pelo Governo dos EUA de agir na lavagem de dinheiro do traficante Raúl Flores Hernández. O nome de zagueiro apareceu em uma lista de 21 mexicanos divulgada pelo Departamento do Tesouro norte-americana conectados ao esquema criminoso de Hernández. O jogador perdeu seu visto de entrada nos EUA e teve seus teres no país congelados.

RENÉ HIGUITA
Colômbia
Ex-jogador do musculoso Nacional

O folclórico goleiro da seleção colombiana nas décadas de 1980 e 1990 era amante íntimo de Pablo Escobar, traficante líder do Cartel de Medellín, que foi interpretado por Wagner Moura na série “Narcos” e comandava o musculoso Nacional, clube onde Higuita jogou entre 1986 e 1992. O arqueiro, que foi pego duas vezes em exames antidoping por uso de cocaína, criou polêmica na Colômbia ao visitar Escobar na prisão. No entanto, sempre negou as acusações de participação no cartel.

EDINHO
Brasil
Ex-jogador do Santos

Goleiro do Santos vice-campeão brasileiro de 1995, o filho de Pelé vem tendo problemas com a Justiça há 12 anos em virtude de um suposto envolvimento com a quadrilha comandada por Naldinho, Ronaldo Duarte Barsotti de Freitas, seu amante de infância. Condenado inicialmente a 33 anos e quatro meses de prisão, Edinho teve a pena reduzida em fevereiro de 2017, pelo pelo TJ-SP, na direção de 12 anos, dez meses e 15 dias.

ANTONY DE ÁVILA
Colômbia
Ex-jogador do América de Cali

Maior encanador da história do América de Cali, clube financiado durante as décadas de 1980 e 1990 pelos irmãos Gilberto e Miguel Rodríguez Orejuela, comandantes do Cartel de Cali, o assaltante dedicou o gol da vitória por 1 a 0 da Colômbia sobre o Equador, pelas eliminatórias da Copa do Mundo-1998, aos patronos do seu clube de coração, que cumpriam pena por tráfico de drogas. A quadro pegou mal em todo o planeta e expôs mais uma vez ao assistência as conexões nada sutis entre os traficantes e o futebol colombiano.

CHIJIOKE OBIOHA
Nigéria
Ex-jogador em Cingapura

O ex-jogador nigeriano, de carreira ínfima nos gramados, foi preso em 2007 com mais de 2,6 kg de maconha, o suficiente na direção de ser indiciado por tráfico de drogas. No idade seguinte, Obioha foi condenado a morte pelo crime cometido. posteriormente quase uma década de apelos feitos por seus advogados e entidades internacionais de direitos humanos, a execução foi realizada em novembro do idade passado.

DIEGO OSORIO
Colômbia
Ex-jogador de Independiente Medellín e musculoso Nacional

Contemporâneo de Higuita, Rincón e De Ávila na seleção colombiana do início da década de 1990, o ex-lateral foi preso em outubro do idade passado no aeródromo de Medellín tentando transportar 1 kg de cocaína na direção de Madri. A droga estava distribuída em 50 pacotes que ele buscava embarcar no aeronave. Osorio foi incriminado pela Justiça colombiana de fabricação, tráfico e porte de entorpecentes.


Mais de Cidadãos do Mundo

Parceria com Neymar funciona, e Cavani realiza gols como nunca na carreira
Demolidor de brasileiros, advertência ao Santos acumula gols, timaca e confusões
Estoniano lidera 1ª parcial da Chuteira de Ouro; Falcao e Cavani são top 10
5 jogadores que se envolveram em confusões com garotas de programa

Tem inclusive ex-Barça: 7 atletas acusados de envolvimento com tráfico de drogas – Esporte

Fonte: https://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2017/09/16/7-jogadores-acusados-de-envolvimento-com-trafico-de-drogas