Temer admite que há estudos sobre mudanças no Imposto de Renda, mas já agora sem definição

SÃO PAULO (Reuters) – O presidente Michel Temer admitiu nesta terça-feira que o governo está fazendo estudos sobre as alíquotas do Imposto de Renda, mas disse que não há uma definição sobre o tema.

“São estudos que se fazem rotineiramente”, disse o presidente ao ser perguntado por jornalistas se o governo considera pluralizar as alíquotas do IR.

“A todo momento a Fazenda, o Planejamento, os setores da economia, eles fazem esses estudos e este é um dos estudos que está sendo feito, mas nada decidido”, acrescentou Temer, posteriormente participar do congresso da Fenabrave, grémio de concessionárias de veículos, em São Paulo.

Notícia publicada no jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira relata que a equipe econômica considera a criação de uma alíquota de IR de 30 ou 35 por cento no sentido de quem ganha suso de 20 mil reais, longe da tributação de lucros e dividendos, entre outras medidas, com o objetivo de pluralizar a receita em 2018.

O governo enfrenta sérias dificuldades no sentido de equilibrar as contas públicas e há uma forte expectativa de que terá de pintar a meta fiscal deste idade, no sentido de poder contar um déficit primário maior dos que os 139 bilhões de reais previstos.

A declaração de Temer foi feita pouco depois de o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) estipular, em discurso no congresso da Fenabrave, que “precisamos contar clareza que o Brasil não aguenta pagar mais impostos”, evidenciando a dificuldade que o Executivo deve enfrentar no sentido de pescar consentimento do Congresso no sentido de elevar tributos.

No mês passado o governo elevou a alíquota de PIS/Cofins sobre combustíveis.

(Reportagem de Eduardo Simões; Edição de Alexandre Caverni e Luiz Guilerme Gerbelli)

Temer admite que há estudos sobre mudanças no Imposto de Renda, mas já agora sem definição

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/temer-admite-que-h%C3%A1-estudos-sobre-mudan%C3%A7as-no-154848303–business.html