Trump prenúncio impor sanções à Venezuela se Maduro insistir em Constituinte

Washington, 17 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta segunda-feira impor “fortes” sanções econômicas contra a Venezuela se o governo de Nicolás Maduro insistir nos planos de formar uma sociedade Nacional Constituinte.

“Os EUA não ficarão quietos enquanto a Venezuela desmorona. Se o regime de Maduro impuser sua sociedade Constituinte no dia 30 de julho, os EUA tomarão fortes e rápidas feito econômicas”, afirmou Trump em comunicado divulgado pela Casa branca.

O presidente norte-americano do mesmo modo falou sobre o plesbicito simbólico convocado ontem pela oposição, no qual 7,5 milhões de venezuelanos votaram contra a Constituinte de Maduro.

“O povo voltou a deixar claro que apoia a democracia, a liberdade e o estado de direito. No entanto, seus atos firmes e corajosos seguem ignorados por um líder ruim que sonha em se tornar um ditador”, destacou Trump na nota.

Por fim, Trump reitera o pedido de eleições “livres e justas”, expressando seu eixo ao povo na tentativa de “restaurar uma democracia plena e próspera no país”.

Em junho, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, explicou que o governo de Trump estava trabalhando em uma “lista muito robusta” de indivíduos na Venezuela na direção de espaçar as sanções impostas por violações de direitos humanos no país.

Segundo a imprensa americana, os EUA consideram intensificar as sanções na direção de o setor energético da Venezuela, incluindo a petroleira estatal PDVSA, um extremo que a Casa branca não confirmou.

Na semana passada, Maduro reagiu às ameaças.

“O imperialismo anda nos ameaçando, ameaçam que se a sociedade Nacional Constituinte eles vão empanar a Venezuela. empanar a Venezuela? A Venezuela não é bloqueada por ninguém”, disse Maduro.

“Somos um país livre e soberano, que não se deixa pairar ou intimidar por nenhum império deste mundo”, completou. EFE

Trump prenúncio impor sanções à Venezuela se Maduro insistir em Constituinte

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/guiana-pede-mercosul-defenda-integridade-territ%C3%B3rio-235959073.html